Vamos conversar?
+1 438 600 0063

A imagem utilizada tem permissão da All Ear Plugs.
por Alexandre Johnson-Chalifour
19 julho 2022

Os benefícios da conversão de texto em fala

Mesmo para os mais apaixonados, tradução e edição são tarefas que requerem muita concentração e exigem muito dos olhos. Todos sabemos, por experiência própria, que nosso nível de concentração varia constantemente sob a influência de vários fatores, como estresse e fadiga. E quando os olhos não veem mais tão claramente, acabamos nos perdendo, ainda que seja um texto cativante. Sabendo disso, o que você pode fazer quando tem que entregar um documento, mas está com dificuldade de se concentrar ou até mesmo ler?

Hoje em dia, a tecnologia oferece soluções que podem aliviar a carga de trabalho dos especialistas em idiomas, principalmente a síntese de fala a partir do texto. Graças a essa técnica, você pode confiar a leitura de suas obras-primas à Hortense, ou qualquer outra voz sintética, quando não estiver com cabeça para ler.

Não se trata de um atalho arriscado, como se poderia pensar. De fato, a neurociência nos ensina que essa técnica nos permite tirar proveito do modo como o cérebro humano funciona. Um estudo publicado em 2019 no Journal of Neuroscience mostrou que as áreas do cérebro e os mecanismos cerebrais utilizados para a compreensão semântica são praticamente os mesmos, seja um texto percebido visualmente, pela leitura, ou auditivamente, pela escuta. O estudo também conclui que as representações semânticas resultantes são quase idênticas em ambos os casos.

A síntese de fala é complicada? De modo algum. Basta adicionar o ícone Falar o texto selecionado à barra de ferramentas Acesso rápido no Word. Assim, na próxima vez que você começar a ver embaçado ou tiver atingido sua “cota de leitura”, só terá que selecionar o texto desejado no Word e clicar no ícone para que seu robô favorito leia para você…

É claro que esse recurso não fará o trabalho para você, nem substituirá sua experiência. No entanto, é muito útil para verificações finais, pois garante que a sintaxe está correta, que o texto flui bem e que as ligações entre as ideias estão claras. E não para por aí: ele também facilita a detecção de erros de digitação, ausência ou excesso de palavras e até erros de pontuação. À medida que o computador for lendo, destaque as passagens que precisam de retrabalho e retorne a elas no final.

Experimente! Os resultados poderão surpreendê-lo e tranquilizá-lo. Sem falar que ouvir seu trabalho pode lhe dar uma satisfação agradável.

Voltar ao Blog